Relato impressionante de professora que foi torturada por 12 horas pelo ex e teme que ele seja solto

Depois de ser torturada pelo ex, professora tem medo de que ele seja solto.

A professora contou tudo que o ex fez com ela e afirmou que teme que ele seja solto:

“Ele falou pra mim assim: se um dia eu for preso por causa de besteirinha de mulher eu vou na hora, mas quando eu for solto aí sim eu vou ter motivos para ser preso, porque vocês mulheres, ele generaliza ele não fala de mim, vocês mulheres vocês fazem besteira e fazem merda, primeiro você quer e depois na delegacia se fazem de vítima”.

O agressor já vem colecionando vítimas, ele já havia feito a mesma coisa com outras mulheres na qual ele se relacionou todas as mulheres que se relacionaram se tornaram vítimas de violência.

A professora continua o relato: “Postei no Instagram uma foto, eu tava sozinha e aí ele queria saber com quem eu tinha ido à praia já que alguém tirou a foto, daí ele me deu um soco e já quebrou meu nariz, eu gritando pedindo socorro ele chegou a puxar o edredom botar na minha cabeça e pressionava tapando minha boca para as pessoas não ouvissem meu grito  chegou a ferir a minha boca. Achei que ele fosse quebrar meu maxilar, sinto muito medo  que ele seja solto”.

“Ele chegou a me levantar pelo pescoço com uma mão só. Eu cheguei a segurar na mesa e o que estava em cima caiu e quebrou os copos. Ele me bateu também porque os copos haviam quebrado e estava fazendo barulho durante a madrugada”

“Eu tentei fugir inúmeras vezes daquele lugar e eu não conseguia, então se não é tortura é o quê, eu tenho medo dele ser solto, a defesa dele disse algumas coisas, disse que eu amo ele, que eu mordi ele e eu não sabia que para se caracterizar crime eu tinha que apanhar sentada olhando, não, eu me defendi”.

“Quando eu conheci ele foi uma pessoa que se mostrou totalmente ao contrário, foi uma pessoa pela qual eu me apaixonei, foi uma pessoa que eu deixei entrar na minha vida, ele entrou na minha casa, mas o fato de eu gostar dele não quer dizer que eu dei a minha vida para ele me matar, não quer dizer que eu tenho que me submeter a ficar apanhando, ele vai me matar isso é certo. Talvez as pessoas não acreditam em mim, ela tá exagerando só para manter o cara lá, não, ele sempre falou isso de me matar”.