Restauração do quadro de artista barroco da virgem Maria vira piada e gera comparação com outro quadro que também deu errado ao ser restaurado

Segundo o jornal britânico, o quadro está em uma coleção particular em Valença na Espanha, o dono do quadro pagou mil libras para ser feita a restauração.

Segundo o jornal britânico The Guardian, o quadro do artista Barroco espanhol Bartolomé Esteban Murillo que representava a Virgem Maria precisou ser restaurado, mas no fim da restauração houve uma grande polêmica, porque as pessoas fizeram uma comparação com a pintura “Ecco homo” que teve o mesmo problema no ano de 2012.

Segundo o jornal britânico, o quadro está em uma coleção particular em Valença na Espanha, o dono do quadro pagou mil libras para ser feita a restauração, pouco mais de 6 mil reais, foi pago para um restaurador amador, tentaram duas vezes restaurar retocando o rosto, o quadro que é do século 15 teve um resultado frustrante acabou estragando a pintura.

PUBLICIDADE

Segundo jornal Guardian, após esse incidente vários profissionais da arte da Espanha, estão se reunindo pedindo para que leis mais severas sejam aplicadas, para impedir que danos ao patrimônio público, histórico e artístico do país, sejam violados desta maneira.

Internautas nas redes sociais fizeram comparações com a restauração de “Ecco homo” realizada pela espanhola Cecília Gimenez.

PUBLICIDADE

Cecília Gimenez foi apelidada de “a pior restauradora do mundo”, após ela ter tentado recuperar um quadro do século 19, pintado em uma das paredes do Santuário de Misericórdia de Borja.

Fernando Carreira professor especialista no assunto de arte, disse ao jornal que essas pessoas que se dizem restauradores, na verdade não passam de impostores, Maria Borja que pertence a associação espanhola que cuida das restaurações, declarou ao jornal que esses erros de restauração são mais comuns do que se pensa, mas as pessoas só veem quando chega na imprensa.

Borja alertou que esses trabalhos de restauração são preocupantes, porque podem causar danos irreversíveis. Muitos internautas publicaram nas redes sociais dizendo não acreditar, pois as obras que foram restauradas até crianças de cinco anos fariam melhor, estão tratando as obras de arte com pouco caso, quem cobrar menos para realizar a restauração é contratado, isso é um absurdo, declararam os internautas.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.