Secretária de Saúde do Rio passou por tratamento com uso de cloroquina

Beatriz Busch chegou a ficar na UTI após ser diagnosticada com coronavírus

A secretária municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Beatriz Busch foi mais uma das pessoas que foram tratadas com o medicamente hidroxicloroquina ao ser diagnosticada com Covid-19.

Beatriz estava internada no Hospital Barra D’Or desde a última segunda-feira (30) e recebeu a alta hospitalar neste último domingo (5). Ela deu uma entrevista ao jornal O Globo onde contou a respeito da internação que segundo ela foi “bem pesada”.

PUBLICIDADE

Na declaração da secretária ela ressaltou que a internação para quem nunca havia ficado em hospital em situações que não fossem felizes, como o nascimento de suas filhas, o momento foi muito pesado para ela.

Ela precisou ficar em isolamento total do mundo exterior e o pouco contato que tinha era com profissionais da saúde que entravam rapidamente em seu quarto e demonstravam medo, devido a contaminação e por não ter boas notícias para dar.

PUBLICIDADE

Ainda segundo Beatriz, ela apresentou uma piora dia após dia de internação no local, no entanto no quarto ou quinto dia que ela esteve no local ela começou a sentir resultados do tratamento que estava recebendo para a doença.

Ela conta que no quinto dia que estava internada ela estava se sentindo muito mal e com febre, e dormindo sentada para conseguir respirar, e que ela acabou apresentando uma melhora repentina.

Agora após a alta do hospital ela está em isolamento em sua casa, que vive com o marido e suas filhas. A secretária conta que está isolada de seu marido e das filhas em casa, e que todos estão usando mascaras e lavando as mãos sempre.

Ela ainda conta que vai precisar ficar em casa por mais 14 dias, devido a pneumonia, mas que agora consegue trabalhar de casa.

 

Via: pleno.news

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.