Situação em Manaus está caótica com a falta de oxigênio: ” Pessoas estão morrendo asfixiada e os médicos nada podem fazer”

A situação é muito preocupante.

Em Manaus a pandemia segue causando tragédias e alvoroço, pois pacientes estão morrendo asfixiados por causa da falta de oxigênio em alguns hospitais públicos.

Ainda não se tem o número preciso de pessoas que estão infectadas com Covid-19 e que morreram pela falta do oxigênio, pois ainda não há informações emitidas pelo governo do Amazonas.

PUBLICIDADE

A população está vivendo um grande drama, pois além da falta de leitos nas UTIs, as pessoas estão desesperadas por causa da falta de abastecimento de oxigênio que ajudam seus parentes que estão internados com a doença a ter como respirar.

Médicos usaram suas redes sociais para falar da situação caótica e dizer como foi aterrorizante o cenário de não poder fazer nada enquanto as pessoas morriam com a falta do oxigênio.

PUBLICIDADE

Tudo teria começado na noite da última quarta-feira (13) o número de pessoas que morreram na madrugada sem o oxigênio é de 20 a 40 pessoas, mas como não se tem alguém responsável para verificar esses óbitos não há informações precisas.

Os Profissionais de Saúde estão tentando fazer o que podem, mas infelizmente a situação é caótica e assustadora.

E para tentar impedir uma tragédia ainda maior o governador do Estado pediu que a Polícia Militar intervisse e fizesse proteção as portas das unidades de saúde pois acredita-se que pessoas que estejam infectadas com a doença irão invadir hospitais em busca de atendimento.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.