Suspeito de matar quatro pessoas da mesma família em zona rural é preso após troca de tiros com a polícia

As polícias Militar do Distirto Federal (PMDF) e de Goiás (PMGO) iniciaram, na noite deste sábado (12/6), um cerco contra o suspeito de matar quatro pessoas, em chacina ocorrida em Ceilândia, no Incra 9

A Polícia Militar do Distrito Federal com apoio da polícia de Goiás iniciaram no último sábado 12, uma perseguição contra um suspeito de cometer uma chacina em Ceilândia onde quatro pessoas morreram.

Segunda formações preliminares Lázaro Barbosa de Souza de 32 anos roubou armas em uma fazenda, ele levou uma pistola 380, uma Beretta 22 e 50 munições.

PUBLICIDADE

O homem foi localizado em Goiás em Cocalzinho, durante a perseguição ele trocou tiro com os policiais, três pessoas ficaram feridas.

Lázaro era acusado de cometer a chacina na última quarta-feira (9) ele matou quatro pessoas Cláudio Vidal de 48 anos, Gustavo Marques dia 21, Carlos Eduardo Vidal de 15 e sequestrou Cleonice Marques de 43 anos, o corpo dela foi encontrado no sábado no meio da mata.

PUBLICIDADE

Segundo a polícia havia diversos cortes principalmente nas nádegas o corpo foi encontrado próximo a BR-070 a partir desse momento a polícia passou a perseguir o criminoso, houve um confronto e ele foi preso.

A Divisão de Operação Aérea e Divisão Especial da Polícia Rodoviária Federal participaram na operação.

Diversas viaturas cercaram o local uma força-tarefa foi realizada para prender o suspeito, Segundo a polícia os corpos foram encontrados em um quarto nos corpos havia marcas de facadas e tiros, somente o corpo de Cleonice foi achado na mata.

Segundo a polícia celulares das vítimas estavam a casa e também dinheiro, a suspeita é que tudo foi planejado para matar toda a família, após a perseguição o criminoso foi preso.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.