Técnica de enfermagem morre vitima da covid-19 aguardando vaga de UTI em SC

O Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina (Coren-SC) confirmou no sábado (27) a morte de uma técnica de enfermagem que esperava por um leito na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para tratar os sintomas da Covid-19.

A técnica em enfermagem Zeni Bueno Pereira de 53 anos, morreu na última sexta-feira (26) vítima da covid-19.

Segundo informações do Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina a técnica esperava para um leito na unidade de terapia intensiva mas não havia vagas na UTI e quando surgiu uma vaga ela não resistiu e morreu no momento da transferência.

PUBLICIDADE

O caso aconteceu em Itapema litoral norte do estado, ela estava trabalhando na Linha de frente contra a pandemia da covid-19.

De acordo com o Conselho Regional de Enfermagem, Zenir foi internada no início da semana, estava com quadro grave apresentando os sintomas da doença, ela precisou aguardar uma vaga para ser entubada.

PUBLICIDADE

Na sexta-feira surgiu uma vaga no Hospital Marieta Konder Bornhausen, mas ela morreu antes que pudesse ser transferida.

A secretaria do estado de Santa Catarina informou que os casos tem sido muitos e os hospitais estão superlotados, vários pacientes tem que esperar na fila para surgir vagas.

Segundo a prefeitura na fila de espera tem pessoas entre 15 e 50 anos de idade, são muitas as pessoas contaminadas precisando de um leito de UTI, segundo Coren Zenir não tinha comorbidades atuava na Linha de frente contra o combate a covid-19 em Itajaí, a unidade de saúde informou que 26 pessoas estão na fila para um leito na UTI e 4 pessoas morreram esperando leitos de UTI, a última vítima tinha 63 anos e faleceu no último domingo (28).

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.