Técnico em enfermagem que dormiu no terraço com medo de contaminar a mãe de 72 anos finalmente volta para casa depois de 4 meses longe

O sacrifício foi feito para preservar a saúde da mãe.

Josenildo da Silva de 35 anos técnico em enfermagem, durante a pandemia da covid-19 passou a dormir no terraço da sua casa, por medo de passar o vírus para sua mãe que já está com 72 anos de idade e possui alguns problemas cardiovasculares, asma, é considerada do grupo de risco para o coronavírus.

Josenildo é técnico de enfermagem na unidade do pronto atendimento Dr Maia em Campina Grande, ele compartilhou a sua história nas redes sociais e uma vaquinha foi realizada para alugar um espaço para o profissional da Saúde ter mais conforto e conseguir enfrentar os plantões no hospital, que era referência no atendimento de pacientes com covid-19.

PUBLICIDADE

Após essas publicações e ser realizada a vaquinha online, a Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande, ofereceu um local para que Josenildo continuasse afastado dos familiares para dar segurança e trabalhar com mais conforto na linha de frente ao combate ao vírus.

O técnico em enfermagem foi infectado com o coronavírus, sentiu incômodo na garganta, ficou fraco, teve febre, dor de cabeça, realizou o teste deu positivo para covid-19 e ficou quase 20 dias afastado do hospital.

PUBLICIDADE

Ele teve sintomas leves, mas teve medo de morrer, disse que foram dias aterrorizantes o medo dele era de ser entubado, lembra que perdeu um colega de trabalho para a covid-19.

No dia 14 de agosto Josenildo pode voltar para casa e rever a mãe, disse que seus cuidados são os mesmos para não pegar uma nova infecção.

Com o dinheiro da vaquinha, Josenildo está reformando a casa da mãe e ajudando com mantimentos, alguns da família que estão em asilos.

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.