Terrorista faz transmissão ao vivo do ataque em Mesquita na Nova Zelândia; vídeo

O ataque deixou dezenas de mortos.

O vídeo do atirador que transmitiu ao vivo os ataques simultâneos a três mesquitas está causando espanto na internet. O ataque aconteceu em Christchurch, na Nova Zelândia e já deixaram dezenas de mortos nesta sexta-feira (15). Pelo menos 49 pessoas morreram, de acordo com as primeiras informações.

O atirador está armado com uma metralhadora, e abre fogo contra a mesquita de Linwood, que estava cheia de pessoas, no total mais de 300 pessoas estavam no local no momento do ataque.

PUBLICIDADE

O atirador fez questão de transmitir ao vivo o terrível massacre, pela rede social. O homem conseguiu evadir do local, mas a polícia está procurando por ele.

A polícia procura também o homem que teria atacado outra mesquita da mesma forma. Até o momento três pessoas foram presas e estão ligadas aos ataques.

PUBLICIDADE

A polícia chegou a prender uma quarta pessoa que também estaria envolvida no ataque, mas foi liberada logo em seguida por não ter ligação com os ataques.
As autoridades afirmaram que pode haver outros criminosos que participaram de alguma forma e também estariam foragidos.

No vídeo é possível ver o momento em que o atirador entra na mesquita e sem nenhum tipo de sentimento, abre fogo contra as pessoas que estavam no local. A potência da arma que permite que ele dê muitos tiros em pouco espaço de tempo torna a tragédia ainda maior.

Dos 49 mortos, 48 morreram no local e apenas um chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu. Entre os feridos, há crianças e adultos. As informações são de há 12 dos feridos que estão em estado grave e os médicos precisaram realizar procedimentos cirúrgicos.

A polícia ainda não tem muitas informações sobre o ataque, mas parece que há ligações entre os ataques, o primeiro que foi registrado aconteceu na mesquita de Al Noor, na região central da cidade.

O atirador entrou na mesquita logo no início das orações e com rifle automático invadiu o prédio e abriu fogo contra as pessoas que estavam na mesquita. Quarenta e uma pessoas morreram no local. O vídeo circulou pelas redes sociais mesmo depois de sua remoção.

https://d.emtempo.com.br/img/video_inline/140000/WhatsApp-Video-2019-03-15-at-09_42_24_00140677_0.mp…

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]