Tiãozinho assistente do líder místico João de Deus é acusado de centenas de abusos cometidos na Casa Dom Inácio de Loyola

homens afirmam ter sido abusados sexualmente pelo braço direito do líder místico, Sebastião de Lima, que, por quase quatro décadas, atuou ao lado de João na Casa de Dom Inácio de Loyola, onde era conhecido como Tiãozinho.

Testemunhas afirmam que Sebastião de Lima que atuava ao lado de João de Deus na casa de Inácio de Loyola, mais conhecido como o Tiãozinho praticou diversos abusos.

Um homem relatou que durante uma sessão que foi atendida por Tiãozinho ele pediu para subir deitar-se na cama e jogasse um lençol, ele acabou tocando nas suas partes íntimas e ao mesmo tempo rezava e dizia que ele iria ser curado.

PUBLICIDADE

Quando as primeiras denúncias de assédio começaram a aparecer contra o João de Deus, ele foi preso então alguns homens passaram a denunciar também Tiãozinho de abusos realizados na casa de Dom Inácio de Loyola.

Quatro homens disseram que sofreram abusos durante a terapia dentro da casa onde João de Deus fundou Abadiana em Goiás, João de Deus chegou a sustentar dezenas de hotéis com o fluxo de turistas que iam para a cidade para realizar os tratamentos.

PUBLICIDADE

Alguns funcionários da casa confirmaram que viram diversos assédios desde a década de 90 até 2010, mas esse assunto era comentado com sussurro pois todos trabalhavam para João de Deus e tinham receio de falar sobre isso.

Sebastião de Lima negou todas as acusações contra os homens e também contra mais de 300 mulheres que se pronunciaram acusando Tiãozinho de aproveitar as oportunidades para tocar nas partes íntimas.

Tiãozinho foi um dos primeiros a mudar para Abadiana para estar ao lado de João de Deus, com o passar no tempo João de Deus ganhou muitos seguidores e formou uma religião com milhares de turistas, Joãozinho ganhou influência e poder na casa onde eram realizados os trabalhos.

Ele organizava as filas e também acabou fazendo alguns tratamentos, ele possuía sua própria sala e várias pessoas passavam primeiramente por ele para depois chegar ao médium João de Deus.

Ele decidia quem iria ter um encontro com João de Deus, ele era o braço direito e responsável por cuidar da casa, com todo esse poder ele se aproximava de homens e mulheres e fazia investidas.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.