“Tive 12 filhos com meu pai”: O triste relato de uma mulher que contou os momentos de terror que ela passou enquanto sofria abusos de quem devia protegê-la

Um relato muito triste e chocante, ela passou vários anos de sua vida sendo abusada, humilhada e não podia fazer nada, um sofrimento que parecia não chegar ao fim.

Severina é uma mulher que vive na região de Caruaru, especificamente na vila Rafael, a cerca de 136 quilômetros de Recife, capital de Pernambuco. Infelizmente, sua história é muito chocante, é que deixou muitas pessoas com raiva e inconformados com a situação.
Ela estava respondendo pelo crime de ter tirado a vida do próprio pai, o homem identificado como Severino de Pedro Andrade. O homem que teria mudado completamente a sua vida por diversos anos.
Para quem não entende a situação nos bastidores, parece que ela é apenas uma assassina. No entanto, ela foi vítima de abuso sexual por seu pai durante 29 anos.
No decorrer desses anos, ela teve 12 vezes grávida. Nestas gestações, apenas cinco crianças sobreviveram, e houve tanta crueldade naquela casa.
Recentemente, o júri anunciou que Severiana havia sido isenta da análise do crime porque ela apenas estava a se defender, pelo fato dela se considerar coagido desde a infância e não possuía outros meios de se proteger do abusador.
Durante o julgamento, até a promotoria exigiu absolvição. No entanto, Edilson Franscisco de Amorim e Denisar dos Santos, os dois responsáveis ​​pelo assassinato, foram presos, julgados e condenados.
Severina disse que nunca estudou, nunca pôde ter amizades, nem namorados e muito menos frequentar eventos festivos. Ela relatou que sua vida era assim nesse ritmo até deixar o pai aos 38 anos (o dia em que o pai morreu).

Escrito por Margareth Santos

Me chamo Margareth Santos, Sou mãe e tenho uma família linda, Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.