Vacina de Oxford é segura e gera anticorpos, indicam primeiros resultados

A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford gerou resultados promissores em sua primeira fase de testes.

A Universidade de Oxford está desenvolvendo uma vacina para o novo coronavírus. Um estudo divulgado nesta segunda-feira (20), mostra que que a vacina tem grandes chances de ser segura e de estimular o sistema imunológico.

Durante a primeira fase de teste, 1.077 voluntários receberam uma dose da vacina e produziram anticorpos capazes de combater o vírus SARS-CoV-2.

A revista “The Lancet” foi a responsável por divulgar os dados promissores da vacina. Contudo, ainda é necessário muito estudo e testes em escalas maiores para que possa ser comprovada a real eficácia da vacina. Também é preciso levar em consideração sua capacidade de proteção a longo prazo.

PUBLICIDADE

Até o momento, a vacina é chamada de ChAdOx1 nCoV-19. Ela foi desenvolvida baseada em um vírus de laboratório que causa um resfriado simples em chimpanzés. Os pesquisadores conseguiram alterar o vírus para que não causasse infecções em humanos e que ainda produzisse uma resposta imunológica compatível ao novo coronavírus.


Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.