Vídeo mostra moradores fazendo churrasco com carne de baleia encalhada

Biólogos alertam para o risco de intoxicação ao ingerir a carne

Um vídeo que está sendo divulgado pelas redes sociais mostra moradores de Salvador, na Bahia utilizando a carne de uma baleia que ficou encalhada em uma praia da cidade para poder fazer churrasco.

A baleia jubarte acabou ficando encalhada na praia de Coutos, e aguardava a determinação para que o corpo fosse retirado do local. A previsão da prefeitura da cidade era para que a situação fosse resolvida ainda esta semana.

PUBLICIDADE

Nas imagens que foram divulgadas primeiramente através das redes sociais é possível ver as pessoas no local cortando pedaços da carne a baleia encalhada. O animal tinha cerca de 15 metros de comprimento, e contava com quase 40 toneladas.

Em outro vídeo que tomou as redes sociais um homem aparece falando, mas sem mostrar o seu rosto, e no vídeo ele mostra a carne da baleia fatiada em bifes em uma assadeira de metal.

PUBLICIDADE

No vídeo o homem mostra a carne e chega a falar que fará um churrasco com a carne da baleia, e convida as pessoas parem irem até o local participar do churrasco em questão. Ele comente ainda que a carne da baleia se parece com carne de boi.

Em mais uma gravação, os bifes feitos com a carne do animal já aparecem em cima da grelha da churrasqueira. Eles comentam novamente que se trata da carne da baleia, e consideram a situação “ostentação”, como é comentado por uma voz feminina que aparece.

A mulher ainda continua fazendo comentários a respeito da aparência da carne, ela pergunta se esta é a carne de baleia, e diz que pensava que era peixe.

As equipes da Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) já foram acionadas para retirar o animal do local logo quando a morte da baleia foi confirmada. Devido ao tamanho do animal é previsto que a limpeza acabei nesta quarta-feira (4).

Luena Fernandes, bióloga do Projeto Baleia Jubarte alertou a respeito do consumo da carne do animal. Segundo ela ao consumir a carne do animal a pessoa poderá está sujeita a intoxicação além de estar cometendo uma infração ambiental que consta na Lei 7.643/87 que proíbe o consumo e comercialização de cetáceos em águas brasileiras.

Segundo a bióloga não é recomendável o consumo da carne pois ao encalhar o animal já demonstra que não estava muito bem e logo após sua morte a decomposição do corpo do animal já se inicia.

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.