Vídeo mostra o momento exato em que o ataque na escola em Suzano aconteceu, gritos, correria e pessoas caídas pelos corredores

suspeito do crime teria postado foto com arma e a máscara usada no crime.

A cada nova informação sobre a tragédia na escola em Suzano, o país fica estarrecido diante de tanta frieza e crueldade por parte dos adolescentes que premeditaram tudo. Perguntas permeia a mente dos brasileiros, o que pode ter acontecido com esses adolescentes que os deixaram tão revoltados ao ponto de cometer tal loucura?

Um dos dois atiradores do massacre teria postado fotos em seu facebook antes do ataque. Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, que se identificava como “Guilherme Alan” nas redes sociais, publicou fotos em que ele aparecia com uma máscara de caveira, o boné e o relógio utilizados durante o tiroteio.

PUBLICIDADE

Em outras imagens, ele portava arma de fogo e fazia um símbolo de arma com a sua mão na cabeça. Os dois atiradores mataram seis alunos, duas funcionárias da escola e se suicidaram em seguida.

Guilherme usava a mesma máscara de caveira das fotos quando foi encontrado morto no chão do colégio.

PUBLICIDADE


Segundo relatou a VEJA um grupo de colegas em frente ao local, Guilherme estudava na escola e disse há três dias para os colegas “ficarem espertos”. Os adolescentes afirmaram que o atirador não sofria bullying e publicava frequentemente fotos com armas nas redes sociais.

A Polícia Civil está na casa dos adolescentes nesse momento apreendendo celulares e computadores para conseguir descobrir se há algum grupo de adolescentes que se comunicavam na tentativa de organizar ataques em diversas escolas, isso porque houve uma grande movimentação nas redes sociais a mais ou menos 4 horas, que é exatamente o horário em que os ataques aconteciam, vários adolescentes enalteceram a atitude de Guilherme nas redes sociais.

Uma foto do Guilherme foi postada depois que o jovem já estaria morto e alguns adolescentes vangloriaram a atitude do rapaz dizendo: “Missão cumprida”, caso que deixa a polícia muito preocupada e essa é a intenção na apreensão dos computadores e telefones dos atiradores.

De acordo com informações Guilherme de 17 anos morava com o avô e era vizinho do outro atirador identificado como, Luiz Henrique de Castro de 25 anos. Guilherme usava a mesma máscara das de caveira das fotos quando foi encontrado morto no chão do colégio.

confira o vídeo no link a seguir: https://www.youtube.com/watch?v=G2PCMg-z2EI

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]