Viúva de policial militar morto em assalto no Rio faz desabafo comovente: “Meu marido morreu lutando”

Ele levou um tiro na cabeça no momento em que tentava frustrar uma ação criminosa em uma loja.

Suelem Oliveira é a esposa do policial militar Derinaldo Cardoso de 34 anos de idade, que foi assassinado durante uma tentativa de assalto a uma loja localizada na baixada fluminense nesta última sexta feira.

O policia teria sido baleado na cabeça, e mesmo recendo atendimento imediatamente ele não resistiu ao ferimento e veio a falecer durante a noite.

PUBLICIDADE

Durante o funeral do cabo da PM que ocorreu nesse último sábado, a sua esposa comoveu ao fazer um triste desabafo, onde ela diz que ele não é mais um.

Pois seu marido era pai de duas crianças que sentirão muito a sua falta, e apela para que todos os policiais não se tornassem mais um, pois eles possuem uma família, filhos, irmãos e mães.

PUBLICIDADE

“Meu marido morreu lutando, servindo e protegendo a sociedade, e deixou nossa família”, disse a viúva não conseguindo conter as lágrimas de tristeza.

Derinaldo foi velado e sepultado no cemitério Jardim da Saudade, situado em Sulacap, localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O enterro ficou marcado com um clima de bastante comoção e contou com as honrarias militares.

O cabo estava a pelo menos 10 anos servindo a PM, e morreu exercendo o seu papel que era de cuidar e proteger a população de bandidos, ele deixa a esposa e seus dois filhos.

Nas redes sociais muitos internautas lamentaram o ocorrido e se comoveram com o triste fim de um policial que estava lutando por um amanhã melhor.

 

 

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.