Você se lembra Mãe que devolve gêmeos adotados após engravidar: “Não conseguia amá-los” entenda o caso

Ali Sanders escreveu uma carta para os garotos, dizendo que não é culpa deles e que -se sente muito triste por te devolvido eles.

Ali Sanders, uma mãe de dois bebês adotados, resolveu desistir de adotar bebês quando engravidou do primeiro filho.A Esposa e o marido, Michael, residem na Inglaterra e decidiram adotar as crianças após perceberem que passariam por enormes problemas para engravidar.

“Eu já tinha conhecido diversas friends sofrerem com as dificuldades para engravidar e eu não pretendia isso para mim”, contou a mulher em declaração ao jornal britânico Daily Mail.

PUBLICIDADE

Depois de resolver um monte de documentação que solicitavam para a adoção, o casal obtiveram a tutela como pais dos bebês gêmeos, que tinham menos de 8 meses de vida .

A esposa e o marido decidiram ir ao orfanato visitar os pequenos. “Eles eram tão gordinhos e possuíam lindos olhos castanhos! Eram umas fofuras”, contou Ali. Apesar da lindeza das crianças, ela contou que o marido gostou se apaixonou de imediato pelas crianças e ela não sentiu nada pelas crianças .

PUBLICIDADE

“O Michael, meus pais e os meus sogros se agradaram por eles diretamente. Porém eu previa como se aquilo não fosse verdade Eu sentia como se eu tivesse me enganando por ser mamãe”, disse a mãe adotiva.A moça foi ao médico por não sentir nada pelos garotos. Na consulta, foi pedido um exame de urina, que mostrou a concretização de um sonho de Ali: ela havia engravidado “Eu fiquei sem ação! Todos os médicos antes tinham falado que era difícil eu conceber facilmente! Regressei para casa e pedi ao meu marido ir comprar o teste de gravidez para confirma o que médico disse ! Fiz outra vez e deu afirmativo de novo! ”.

Todos os médicos antes tinham falado que era difícil eu engravidar facilmente! Regressei para casa e falei para o meu esposo comprar um teste de gravidez e deu afirmativo  novamente! ”. 

A noticia ocorreu um dia antes da concretização para adotar os pequenos. “No começo eu e meu marido permanecemos em sigilo.Mais teve uma hora que ele virou para mim e disse: ‘Nós temos que resolver isso. Você quer continuar com a adoção sim ou não? ’. E eu disse que não. ”

Apesar de não sentir nada pelos meninos, no momento que as  autoridades vieram busca-los, Ali chorou, porque “sentia sim algo por eles”. O caso aconteceu no ano de 2014, mas ela afirma que até hoje se sente culpada e disse “Eu abandonei os bebês que já haviam sido abandonados”.

A moça demorou um tempo para começar a amar o filho biológico, Jacob, na época com 3 anos. Ali ainda ficou gravida de uma linda menina.

Ali foi proibida de visitar as crianças devolvidas, mas ela fez  uma carta que será entregue para os dois quando crescerem e saberem que foram rejeitados por uma família. “Na carta citei apenas que não era culpa deles e que eu me sentia muito triste por ter devolvido”, afirmou a mulher.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]