YouTube tira do ar canal ‘Terça Livre’, que pertence a blogueiro bolsonarista

A maior plataforma de streans da internet, o YouTube tirou do ar o canal de um blogueiro que seria bolsonarista, o dono do canal e Allan dos Santos, que e alvo de 2 inquéritos do STF, e também da Polícia Federal, contudo, o individuo nega as irregularidades.

A maior plataforma de streans da internet, o YouTube tirou do ar o canal de um blogueiro que seria bolsonarista, o dono do canal e Allan dos Santos, que  e alvo de 2 inquéritos do STF, e também da Polícia Federal, contudo, o individuo nega as irregularidades.  O Google afirma que os conteúdos postados no YouTube deve seguir a todas as diretrizes.

O Canal Terça Livre, de Allan dos Santos, um blogueiro e bolsonarista foi tirado do ar. Quando se tenta acessar a página uma mensagem informando que a pagina esta indisponível  aparece, e pede que tente pesquisar algo diferente.

PUBLICIDADE

Em redes sociais, a Terça Livre informou que seu canal teria encerrados na noite dessa quarta-feira, dia 3 de fevereiro, afirmou ainda, que havia recebido um aviso da plataforma, onde avisava que a conta teria sido cancelada por violações.

O Google, que e o dono da plataforma de streans afirmou que conta com vários sistemas inteligentes, revisores humanos e denuncias de usuários. Veio também afirmar em nota, que tudo no YouTube deve seguir suas diretrizes.

PUBLICIDADE

Allan dos Santos  também e investigado por dois inquéritos no STF, onde um dos inquéritos seria de ameaças aos ministros do tribunal por conta das chamadas fake news, o outro inquérito seria de um suposto financiamento de alguns atos antidemocráticos.

Contudo, a Presidência contratou sem licitação uma empresa, onde o dono afirmou em depoimento que seria sócio oculto do canal Terça Livre. O contrato havia sido postado no Diário Oficial da União.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.